1. Indicadores de RH: o segredo para tornar seu RH estratégico
  2. [Case de Sucesso] De candidato a Head de CS e Recrutador
  3. Avaliação de desempenho por competências: faça ou perca talentos!
  4. Como analisar um currículo para sempre acertar nas contratações?
  5. Experiência do candidato: descubra como nunca mais perder talentos!
  6. Soft skills e Hard skills: você sabe qual é mais importante?
  7. Bem estar no trabalho: seus colaboradores estão MESMO felizes?
  8. ETALENT: 4 dicas para automatizar a operação e ter um DP estratégico
  9. RH estratégico: a tendência de mercado que você precisa conhecer
  10. Benefícios Trabalhistas válidos para o final do ano: quais são?
  11. Mau Recrutamento: conheça suas principais consequências
  12. HR Insights apresenta: Mark Roberge
  13. Contratar em marketing digital: como saber se um candidato tenta enrolar?
  14. Melhores estratégias de recrutamento e seleção
  15. Por que as pessoas trabalham?
  16. Produtividade na Empresa: o impacto da qualidade de vida dos funcionários
  17. Business partner: o que é e como você pode se preparar para assumir essa posição
  18. Recrutamento e Seleção: o que é? Do básico ao avançado
  19. Conteúdo prático e de alto nível para RHs que não se contentam em ser operacionais
  20. RH estratégico: fazendo sua carreira decolar!
  21. Porque o RH deve parar de responder ao CFO em 2018
  22. 7 sinais de que a sua empresa não faz os funcionários se sentirem valorizados
  23. Um guia de sustentabilidade para RHs que querem ser protagonistas no tema – Por Ricardo Voltolini
  24. Atração e Retenção de Talentos: saiba se destacar da concorrência
  25. Outplacement: o que é e como conduzir da melhor forma?
  26. Panorama de RH no Brasil busca gerar novas percepções para profissionais da área
  27. Empresas de headhunteres: ajudam no recrutamento e…
  28. Seleção de pessoal: o que é, objetivos e diferença entre recrutamento
  29. Técnicas de Recrutamento e Seleção: como recrutar e selecionar no mercado de 2019?
  30. Como um plano de carreira pode motivar a sua equipe?
  31. Técnicas para uma boa gestão de pessoal: 7 dicas para uma gestão de sucesso
  32. Salário emocional: como motivar funcionários através da remuneração?
  33. Inteligência de mercado – saiba o que é e como identificar em um candidato
  34. Engajamento e colaboração na empresa
  35. [Vídeo] People.Tech – Gestão e Cultura Organizacional
  36. Recrutamento — o terceiro atributo crucial de uma startup
  37. Por que decidimos focar em contratações de marketing, vendas e sucesso do cliente?
  38. Gestão de Pessoas: seis processos para você conhecer
  39. 6 Insights de profissionais que estão moldando um novo cenário de RH
  40. One to One
  41. Indicadores de recrutamento e seleção
  42. Curso soft skills
  43. People.Tech: Aquisição e Desenvolvimento de Talentos
  44. Ferramentas para RH gratuitas
  45. Como Identificar Talentos
  46. Recrutamento Online: o que é e vantagens
  47. Talentos: Identificar, recrutar e selecionar
  48. GuestPost: O poder das redes sociais para recrutar profissionais de excelência
  49. Recrutamento externo: Vantagens e desvantagens
  50. Tipos de Recrutamento: Interno, externo, misto ou online?
  51. Seleção por competências: O que é, benefícios e como fazer.
  52. Recrutamento e seleção em quatro passos: Como funciona a área de Operações da TalentBrand (e porque ela é fundamental para os resultados)
  53. Feedback no processo seletivo: qual é a importância?
  54. Job description: passo a passo para elaborar
  55. Consultoria de RH – O que é e quais tecnologias substituem?
  56. TalentHacks #2 – 9 hacks que você nunca imaginou que ajudariam a reter seus talentos (Por 9 grandes especialistas)
  57. Inteligência Artificial no Recrutamento: o que muda?
  58. 3 vantagens ao contratar líderes através de uma empresa de recrutamento e seleção
  59. Headhunters: o que são e como eles podem ajudar sua empresa
  60. Banco de talentos: 5 vantagens em contratar empresas de recrutamento
  61. Startup e Recrutamento pelos olhos de um grande investidor americano
  62. Recrutamento e Seleção na empresa: 5 motivos para otimizar
  63. Ferramentas de vendas: 7 para começar a usar agora!
  64. O que é o modelo de gestão por competência
  65. O que recrutar tem a ver com vender? | O processo seletivo e seu principal erro
  66. Processos seletivos – cases de sucesso: atração de talentos na Google e Ambev
  67. Softwares para o RH: os melhores para a sua empresa
  68. Como contratar bem? 10 erros para passar longe
  69. Talent Acquisition e Employer Brand em números
  70. Employer Branding e a influência do processo seletivo
  71. Recrutamento com tecnologia: as novas tecnologias e como isso afeta a sua área
  72. Diplomas versus talento: o que priorizar no recrutamento
  73. RH em startups: quando é necessária uma área de RH?
  74. Budget de Recrutamento: O que incluir no recrutamento de marketing e vendas?
  75. Marketing e Vendas: como conseguir os melhores profissionais?
  76. Como avaliar candidatos em entrevistas feitas por videoconferência
  77. Retenção de Talentos: Como reter jovens talentos na sua empresa
  78. Como contratar um consultor de vendas usando simulação
  79. Livros para RH: 5 obras imprescindíveis para você
  80. Como Contratar Vendedores – O Guia Completo
  81. Customer Success: o Sucesso do Cliente em Foco
  82. Como Treinar e Rampar Times de Alta Performance
  83. Time de Vendas de Alta Performance
sábado, fevereiro 23, 2019
  1. Indicadores de RH: o segredo para tornar seu RH estratégico
  2. [Case de Sucesso] De candidato a Head de CS e Recrutador
  3. Avaliação de desempenho por competências: faça ou perca talentos!
  4. Como analisar um currículo para sempre acertar nas contratações?
  5. Experiência do candidato: descubra como nunca mais perder talentos!
  6. Soft skills e Hard skills: você sabe qual é mais importante?
  7. Bem estar no trabalho: seus colaboradores estão MESMO felizes?
  8. ETALENT: 4 dicas para automatizar a operação e ter um DP estratégico
  9. RH estratégico: a tendência de mercado que você precisa conhecer
  10. Benefícios Trabalhistas válidos para o final do ano: quais são?
  11. Mau Recrutamento: conheça suas principais consequências
  12. HR Insights apresenta: Mark Roberge
  13. Contratar em marketing digital: como saber se um candidato tenta enrolar?
  14. Melhores estratégias de recrutamento e seleção
  15. Por que as pessoas trabalham?
  16. Produtividade na Empresa: o impacto da qualidade de vida dos funcionários
  17. Business partner: o que é e como você pode se preparar para assumir essa posição
  18. Recrutamento e Seleção: o que é? Do básico ao avançado
  19. Conteúdo prático e de alto nível para RHs que não se contentam em ser operacionais
  20. RH estratégico: fazendo sua carreira decolar!
  21. Porque o RH deve parar de responder ao CFO em 2018
  22. 7 sinais de que a sua empresa não faz os funcionários se sentirem valorizados
  23. Um guia de sustentabilidade para RHs que querem ser protagonistas no tema – Por Ricardo Voltolini
  24. Atração e Retenção de Talentos: saiba se destacar da concorrência
  25. Outplacement: o que é e como conduzir da melhor forma?
  26. Panorama de RH no Brasil busca gerar novas percepções para profissionais da área
  27. Empresas de headhunteres: ajudam no recrutamento e…
  28. Seleção de pessoal: o que é, objetivos e diferença entre recrutamento
  29. Técnicas de Recrutamento e Seleção: como recrutar e selecionar no mercado de 2019?
  30. Como um plano de carreira pode motivar a sua equipe?
  31. Técnicas para uma boa gestão de pessoal: 7 dicas para uma gestão de sucesso
  32. Salário emocional: como motivar funcionários através da remuneração?
  33. Inteligência de mercado – saiba o que é e como identificar em um candidato
  34. Engajamento e colaboração na empresa
  35. [Vídeo] People.Tech – Gestão e Cultura Organizacional
  36. Recrutamento — o terceiro atributo crucial de uma startup
  37. Por que decidimos focar em contratações de marketing, vendas e sucesso do cliente?
  38. Gestão de Pessoas: seis processos para você conhecer
  39. 6 Insights de profissionais que estão moldando um novo cenário de RH
  40. One to One
  41. Indicadores de recrutamento e seleção
  42. Curso soft skills
  43. People.Tech: Aquisição e Desenvolvimento de Talentos
  44. Ferramentas para RH gratuitas
  45. Como Identificar Talentos
  46. Recrutamento Online: o que é e vantagens
  47. Talentos: Identificar, recrutar e selecionar
  48. GuestPost: O poder das redes sociais para recrutar profissionais de excelência
  49. Recrutamento externo: Vantagens e desvantagens
  50. Tipos de Recrutamento: Interno, externo, misto ou online?
  51. Seleção por competências: O que é, benefícios e como fazer.
  52. Recrutamento e seleção em quatro passos: Como funciona a área de Operações da TalentBrand (e porque ela é fundamental para os resultados)
  53. Feedback no processo seletivo: qual é a importância?
  54. Job description: passo a passo para elaborar
  55. Consultoria de RH – O que é e quais tecnologias substituem?
  56. TalentHacks #2 – 9 hacks que você nunca imaginou que ajudariam a reter seus talentos (Por 9 grandes especialistas)
  57. Inteligência Artificial no Recrutamento: o que muda?
  58. 3 vantagens ao contratar líderes através de uma empresa de recrutamento e seleção
  59. Headhunters: o que são e como eles podem ajudar sua empresa
  60. Banco de talentos: 5 vantagens em contratar empresas de recrutamento
  61. Startup e Recrutamento pelos olhos de um grande investidor americano
  62. Recrutamento e Seleção na empresa: 5 motivos para otimizar
  63. Ferramentas de vendas: 7 para começar a usar agora!
  64. O que é o modelo de gestão por competência
  65. O que recrutar tem a ver com vender? | O processo seletivo e seu principal erro
  66. Processos seletivos – cases de sucesso: atração de talentos na Google e Ambev
  67. Softwares para o RH: os melhores para a sua empresa
  68. Como contratar bem? 10 erros para passar longe
  69. Talent Acquisition e Employer Brand em números
  70. Employer Branding e a influência do processo seletivo
  71. Recrutamento com tecnologia: as novas tecnologias e como isso afeta a sua área
  72. Diplomas versus talento: o que priorizar no recrutamento
  73. RH em startups: quando é necessária uma área de RH?
  74. Budget de Recrutamento: O que incluir no recrutamento de marketing e vendas?
  75. Marketing e Vendas: como conseguir os melhores profissionais?
  76. Como avaliar candidatos em entrevistas feitas por videoconferência
  77. Retenção de Talentos: Como reter jovens talentos na sua empresa
  78. Como contratar um consultor de vendas usando simulação
  79. Livros para RH: 5 obras imprescindíveis para você
  80. Como Contratar Vendedores – O Guia Completo
  81. Customer Success: o Sucesso do Cliente em Foco
  82. Como Treinar e Rampar Times de Alta Performance
  83. Time de Vendas de Alta Performance

O principal ativo de uma empresa está no capital humano. Apenas com uma boa equipe de funcionários é possível alcançar resultados consistentes e alavancar o crescimento corporativo. Para que a organização possa contar com bons funcionários, o primeiro passo é saber como analisar um currículo.

Afinal, esse documento é o cartão de visitas do profissional para a empresa. É por meio dele que percebemos os primeiros indícios de um bom funcionário.

Para ajudar você a selecionar os melhores talentos do mercado, preparamos este post com um passo a passo para analisar bem um currículo. Confira!

Qual a importância de uma boa contratação?

Escolher o profissional correto para integrar uma equipe pode fazer toda a diferença nos resultados e no alcance de metas.

Quando você conta com um quadro de funcionários de alta performance tem as condições necessárias para fortalecer a empresa diante da concorrência. Entenda todos os benefícios de uma contratação correta:

Evita o turnover

Um dos principais motivos de um índice alto de desligamentos está na contratação equivocada. Empresas com uma grande rotatividade de funcionários é mal vista no mercado de trabalho, porque soam como um ambiente ruim para desenvolvimento.

Como consequência, os melhores talentos não vão querer atuar na sua organização e isso representa uma perda significativa de qualidade.

Reduz custos com novos processos seletivos

Demissões custam caro para a empresa. Além do pagamento dos direitos rescisórios dos funcionários, é preciso realizar novos processos seletivos e treinamentos. O período de adaptação deve ser considerado, no qual há uma queda de produtividade que afeta os resultados.

Ao escolher o profissional correto, a tendência é que essa pessoa trabalhe na empresa por mais tempo, apresentando retornos significativos e permitindo que a organização reduza custos com novas seleções.

Preserva o clima organizacional

Todas as equipes têm uma dinâmica interna própria de relacionamento entre os funcionários. Quando há o desligamento de um deles, essa dinâmica é afetada, atingindo o engajamento.

Manter um time que apresenta resultados é uma estratégia interessante para a empresa e ajuda a preservar a sua imagem dentro do mercado. O clima organizacional responde de maneira positiva, já que uma boa convivência eleva a sensação de bem-estar e de pertencimento do funcionário em relação à corporação.

Como analisar um currículo?

A contratação correta começa com uma análise precisa do currículo. Se você tem dúvidas sobre como fazer essa avaliação, acompanhe este passo a passo.

1. Tenha clareza sobre a vaga a ser preenchida

A avaliação de currículos precisa de um ponto de partida. Neste caso, trata-se do perfil ideal de funcionário que você quer contratar para a sua empresa.

Por isso, é importante ter em mente quais são as competências necessárias para preencher a vaga, levando em consideração aspectos técnicos e comportamentais.

Defina também o nível de escolaridade e idiomas, além das experiências desejadas. Essas informações vão servir como diretrizes para a triagem.

2. Faça uma primeira análise rápida

O cuidado na elaboração do currículo já revela muitos aspectos sobre o profissionalismo do candidato.

Perceba se há erros de português, especialmente para funções em que a comunicação é parte essencial.

Também avalie se as informações são coerentes e claras e se o currículo está bem formatado, organizado e preciso.

3. Avalie o desenvolvimento profissional

Perceba se as experiências profissionais do candidato estão em ordem cronológica e se há alguma lacuna nesses registros.

Analise se essa pessoa conseguiu evoluir profissionalmente, assumindo cargos de maior responsabilidade.

Outro detalhe a ser observado é o excesso de mudanças de emprego. Pessoas com dificuldades em permanecer na mesma empresa podem ter problemas de relacionamento interpessoal ou aspectos de comportamento prejudiciais.

4. Considere as informações adicionais

Ao avaliar um currículo, leve também em consideração as experiências adicionais como estágios, cursos livres, trabalhos voluntários, intercâmbios, entre outros.

Esse tipo de informação revela dedicação do candidato em seu desenvolvimento profissional e aprendizado. A participação em projetos sociais traz alguns indícios sobre seus interesses pessoais.

5. Observe a descrição de atividades

O mesmo cargo em empresas diferentes pode apresentar algumas variações em relação às responsabilidades assumidas pelo funcionário.

Cheque o resumo das atividades desenvolvidas para ter uma ideia mais clara das experiências do profissional.

É comum encontrarmos funcionários com cargo de nível júnior em uma empresa anterior, mas que assumiam as responsabilidades de um profissional sênior.

6. Compare o nível de salário

Se o candidato tinha um salário maior anteriormente, a empresa pode ter dificuldades em reter esse profissional.

Em períodos de crise, muitos trabalhadores abrem mão desse detalhe e buscam uma nova oportunidade, mesmo em condições não tão vantajosas.

Porém, em alguns casos, esse candidato pode não se acostumar com o novo padrão de vida e rapidamente passar para uma nova colocação profissional ou até mesmo ter dificuldades de motivação e engajamento.

7. Não tome decisões precipitadas

Fazer um recrutamento com pressa ou se baseando apenas em indicações é o caminho mais curto para uma contratação errada.

Se possível, reserve um tempo considerável para que a avaliação dos currículos seja feita cuidadosamente e procure julgar com idoneidade.

Assim, você vai conseguir fazer uma seleção bem mais precisa e chamar para as entrevistas apenas os profissionais mais bem preparados e que realmente possam contribuir com o crescimento da organização.

Pronto para fazer ótimas contratações?

Agora que você já sabe como analisar um currículo, certamente vai conseguir fazer seleções melhores para a sua empresa, contando com profissionais mais qualificados e montando equipes que acompanham a estratégia corporativa. Aplique esse passo a passo e comece a observar os resultados!

Este conteúdo foi desenvolvido pela Xerpa, que desenvolveu uma plataforma completa de RH capaz de otimizar diversos processos do departamento, entre eles o de admissão e desligamento de funcionários. Essa solução promove uma desburocratização do Recursos Humanos e traz agilidade para a sua empresa.

Se você ficou interessado em receber mais conteúdos que possam ajudar na gestão de pessoas da sua organização, assine a nossa newsletter!