1. Endomarketing nas empresas: uma nova prática do RH estratégico
  2. O que é turnover: guia completo para reduzir a rotatividade
  3. Produtividade no trabalho: 9 dicas para produzir mais e melhor
  4. Atração e Retenção de Talentos: descubra como se destacar!
  5. Engajamento de equipes: como manter os colaboradores motivados?
  6. Indicadores de RH: o segredo para tornar seu RH estratégico
  7. [Case de Sucesso] De candidato a Head de CS e Recrutador
  8. Avaliação de desempenho por competências: faça ou perca talentos!
  9. Como analisar um currículo para sempre acertar nas contratações?
  10. Experiência do candidato: saiba como nunca mais perder talentos!
  11. Soft skills e Hard skills: você sabe qual é mais importante?
  12. Bem estar no trabalho: seus colaboradores estão MESMO felizes?
  13. ETALENT: 4 dicas para automatizar a operação e ter um DP estratégico
  14. RH estratégico: a tendência de mercado que você precisa conhecer
  15. Benefícios Trabalhistas válidos para o final do ano: quais são?
  16. Mau Recrutamento: conheça suas principais consequências
  17. HR Insights apresenta: Mark Roberge
  18. Contratar em marketing digital: como saber se um candidato tenta enrolar?
  19. Melhores estratégias de recrutamento e seleção
  20. Por que as pessoas trabalham?
  21. Produtividade na Empresa: o impacto da qualidade de vida dos funcionários
  22. Business partner: o que é e como você pode se preparar para assumir essa posição
  23. Recrutamento e Seleção: o que é? Do básico ao avançado
  24. Conteúdo prático e de alto nível para RHs que não se contentam em ser operacionais
  25. RH estratégico: fazendo sua carreira decolar!
  26. Porque o RH deve parar de responder ao CFO em 2019
  27. 7 sinais de que a sua empresa não faz os funcionários se sentirem valorizados
  28. Um guia de sustentabilidade para RHs que querem ser protagonistas no tema – Por Ricardo Voltolini
  29. Outplacement: o que é e como conduzir da melhor forma?
  30. Panorama de RH no Brasil busca gerar novas percepções para profissionais da área
  31. Empresas de headhunters: ajudam no recrutamento e…
  32. Seleção de pessoal: o que é, objetivos e diferença entre recrutamento
  33. Técnicas de Recrutamento e Seleção: como recrutar e selecionar no mercado de 2019?
  34. Como um plano de carreira pode motivar a sua equipe?
  35. Técnicas para uma boa gestão de pessoal: 7 dicas para uma gestão de sucesso
  36. Salário emocional: como motivar funcionários através da remuneração?
  37. Inteligência de mercado – saiba o que é e como identificar em um candidato
  38. Engajamento e colaboração na empresa
  39. [Vídeo] People.Tech – Gestão e Cultura Organizacional
  40. Recrutamento — o terceiro atributo crucial de uma startup
  41. Recrutamento em vendas e marketing: por que decidimos focar neles?
  42. Gestão de Pessoas: seis processos para você conhecer
  43. 6 Insights de profissionais que estão moldando um novo cenário de RH
  44. One to One
  45. Indicadores de recrutamento e seleção
  46. Curso soft skills
  47. People.Tech: Aquisição e Desenvolvimento de Talentos
  48. Ferramentas para RH gratuitas
  49. Como Identificar Talentos
  50. Recrutamento Online: o que é e vantagens
  51. Recrutamento e seleção de talentos: como conseguir os melhores?
  52. Redes sociais no recrutamento: como procurar ótimos profissionais online [Guest Post]
  53. Recrutamento externo: descubra suas vantagens e desvantagens!
  54. Tipos de Recrutamento: Interno, externo, misto ou online?
  55. Seleção por competências: O que é, benefícios e como fazer
  56. Recrutamento e seleção em quatro passos: Como funciona a área de Operações da TalentBrand (e porque ela é fundamental para os resultados)
  57. Feedback no processo seletivo: qual é a importância?
  58. Job description: passo a passo para elaborar
  59. Consultoria de RH – O que é e quais tecnologias substituem?
  60. Retenção de talentos: 9 hacks que você nunca imaginou que ajudariam a reter seus talentos
  61. Inteligência Artificial no Recrutamento: o que muda?
  62. Recrutamento e Seleção de líderes: devo usar uma empresa de R&S?
  63. Headhunters: o que são e como eles podem ajudar sua empresa
  64. Banco de talentos: 5 vantagens em contratar empresas de recrutamento
  65. Startup e Recrutamento pelos olhos de um grande investidor americano
  66. Recrutamento e Seleção na empresa: 5 motivos para otimizar
  67. Ferramentas de vendas: 7 para começar a usar agora!
  68. Gestão por competência: a prática que irá revolucionar a GP
  69. O que recrutar tem a ver com vender? | O processo seletivo e seu principal erro
  70. Processos seletivos – cases de sucesso: atração de talentos na Google e Ambev
  71. Softwares para o RH: os melhores para a sua empresa
  72. Como contratar bem? 10 erros para passar longe
  73. Talent Acquisition e Employer Brand em números
  74. Employer Branding e a influência do processo seletivo
  75. Recrutamento com tecnologia: as novas tecnologias e como isso afeta a sua área
  76. Diplomas versus talento: o que priorizar no recrutamento?
  77. RH em startups: quando é necessária uma área de RH?
  78. Budget de Recrutamento: O que incluir no recrutamento de marketing e vendas?
  79. Marketing e Vendas: como conseguir os melhores profissionais?
  80. Como avaliar candidatos em entrevistas feitas por videoconferência
  81. Retenção de Talentos: Como reter jovens talentos na sua empresa
  82. Como contratar um consultor de vendas usando simulação
  83. Livros para RH: 5 obras imprescindíveis para você
  84. Como Contratar Vendedores – O Guia Completo
  85. Customer Success: o Sucesso do Cliente em Foco
  86. Como Treinar e Rampar Times de Alta Performance
  87. Time de Vendas de Alta Performance
sexta-feira, março 22, 2019
  1. Endomarketing nas empresas: uma nova prática do RH estratégico
  2. O que é turnover: guia completo para reduzir a rotatividade
  3. Produtividade no trabalho: 9 dicas para produzir mais e melhor
  4. Atração e Retenção de Talentos: descubra como se destacar!
  5. Engajamento de equipes: como manter os colaboradores motivados?
  6. Indicadores de RH: o segredo para tornar seu RH estratégico
  7. [Case de Sucesso] De candidato a Head de CS e Recrutador
  8. Avaliação de desempenho por competências: faça ou perca talentos!
  9. Como analisar um currículo para sempre acertar nas contratações?
  10. Experiência do candidato: saiba como nunca mais perder talentos!
  11. Soft skills e Hard skills: você sabe qual é mais importante?
  12. Bem estar no trabalho: seus colaboradores estão MESMO felizes?
  13. ETALENT: 4 dicas para automatizar a operação e ter um DP estratégico
  14. RH estratégico: a tendência de mercado que você precisa conhecer
  15. Benefícios Trabalhistas válidos para o final do ano: quais são?
  16. Mau Recrutamento: conheça suas principais consequências
  17. HR Insights apresenta: Mark Roberge
  18. Contratar em marketing digital: como saber se um candidato tenta enrolar?
  19. Melhores estratégias de recrutamento e seleção
  20. Por que as pessoas trabalham?
  21. Produtividade na Empresa: o impacto da qualidade de vida dos funcionários
  22. Business partner: o que é e como você pode se preparar para assumir essa posição
  23. Recrutamento e Seleção: o que é? Do básico ao avançado
  24. Conteúdo prático e de alto nível para RHs que não se contentam em ser operacionais
  25. RH estratégico: fazendo sua carreira decolar!
  26. Porque o RH deve parar de responder ao CFO em 2019
  27. 7 sinais de que a sua empresa não faz os funcionários se sentirem valorizados
  28. Um guia de sustentabilidade para RHs que querem ser protagonistas no tema – Por Ricardo Voltolini
  29. Outplacement: o que é e como conduzir da melhor forma?
  30. Panorama de RH no Brasil busca gerar novas percepções para profissionais da área
  31. Empresas de headhunters: ajudam no recrutamento e…
  32. Seleção de pessoal: o que é, objetivos e diferença entre recrutamento
  33. Técnicas de Recrutamento e Seleção: como recrutar e selecionar no mercado de 2019?
  34. Como um plano de carreira pode motivar a sua equipe?
  35. Técnicas para uma boa gestão de pessoal: 7 dicas para uma gestão de sucesso
  36. Salário emocional: como motivar funcionários através da remuneração?
  37. Inteligência de mercado – saiba o que é e como identificar em um candidato
  38. Engajamento e colaboração na empresa
  39. [Vídeo] People.Tech – Gestão e Cultura Organizacional
  40. Recrutamento — o terceiro atributo crucial de uma startup
  41. Recrutamento em vendas e marketing: por que decidimos focar neles?
  42. Gestão de Pessoas: seis processos para você conhecer
  43. 6 Insights de profissionais que estão moldando um novo cenário de RH
  44. One to One
  45. Indicadores de recrutamento e seleção
  46. Curso soft skills
  47. People.Tech: Aquisição e Desenvolvimento de Talentos
  48. Ferramentas para RH gratuitas
  49. Como Identificar Talentos
  50. Recrutamento Online: o que é e vantagens
  51. Recrutamento e seleção de talentos: como conseguir os melhores?
  52. Redes sociais no recrutamento: como procurar ótimos profissionais online [Guest Post]
  53. Recrutamento externo: descubra suas vantagens e desvantagens!
  54. Tipos de Recrutamento: Interno, externo, misto ou online?
  55. Seleção por competências: O que é, benefícios e como fazer
  56. Recrutamento e seleção em quatro passos: Como funciona a área de Operações da TalentBrand (e porque ela é fundamental para os resultados)
  57. Feedback no processo seletivo: qual é a importância?
  58. Job description: passo a passo para elaborar
  59. Consultoria de RH – O que é e quais tecnologias substituem?
  60. Retenção de talentos: 9 hacks que você nunca imaginou que ajudariam a reter seus talentos
  61. Inteligência Artificial no Recrutamento: o que muda?
  62. Recrutamento e Seleção de líderes: devo usar uma empresa de R&S?
  63. Headhunters: o que são e como eles podem ajudar sua empresa
  64. Banco de talentos: 5 vantagens em contratar empresas de recrutamento
  65. Startup e Recrutamento pelos olhos de um grande investidor americano
  66. Recrutamento e Seleção na empresa: 5 motivos para otimizar
  67. Ferramentas de vendas: 7 para começar a usar agora!
  68. Gestão por competência: a prática que irá revolucionar a GP
  69. O que recrutar tem a ver com vender? | O processo seletivo e seu principal erro
  70. Processos seletivos – cases de sucesso: atração de talentos na Google e Ambev
  71. Softwares para o RH: os melhores para a sua empresa
  72. Como contratar bem? 10 erros para passar longe
  73. Talent Acquisition e Employer Brand em números
  74. Employer Branding e a influência do processo seletivo
  75. Recrutamento com tecnologia: as novas tecnologias e como isso afeta a sua área
  76. Diplomas versus talento: o que priorizar no recrutamento?
  77. RH em startups: quando é necessária uma área de RH?
  78. Budget de Recrutamento: O que incluir no recrutamento de marketing e vendas?
  79. Marketing e Vendas: como conseguir os melhores profissionais?
  80. Como avaliar candidatos em entrevistas feitas por videoconferência
  81. Retenção de Talentos: Como reter jovens talentos na sua empresa
  82. Como contratar um consultor de vendas usando simulação
  83. Livros para RH: 5 obras imprescindíveis para você
  84. Como Contratar Vendedores – O Guia Completo
  85. Customer Success: o Sucesso do Cliente em Foco
  86. Como Treinar e Rampar Times de Alta Performance
  87. Time de Vendas de Alta Performance

O departamento pessoal é um dos setores mais importantes de uma empresa. Afinal, são as pessoas que movem o seu negócio. De nada adianta ter um produto incrível ou oferecer um serviço único se você não tiver como ofertar um bom atendimento, por exemplo. Então, é fundamental ter um DP estratégico e que esteja alinhado ao planejamento e aos objetivos da marca.

Isso passa necessariamente por automatizar processos. Com toda tecnologia disponível hoje, não é possível continuar fazendo o controle de questões tão importantes por meio de planilhas do Excel.

Neste artigo, vamos falar sobre a importância de investir em automação no setor e nas rotinas de RH e apresentar 4 dicas para ter um DP estratégico na sua empresa. Ficou curioso? Continue acompanhando!

Importância de automatizar processos no departamento pessoal das empresas

Hoje o departamento pessoal não pode ser mais um fazedor de tarefas. Se a rotina desse setor é estritamente operacional, algo está muito errado. Então, pare tudo que você está fazendo e entenda por que e como mudar isso.
A automatização de processos é muito importante e eleva o seu setor de RH para outro patamar, transformando-o em um DP estratégico. Confira abaixo duas vantagens.

Utilização dos dados para avaliações de forma estratégica

Quando você contrata um software de automação de RH, por exemplo, ele coleta e integra todos os dados automaticamente. Os mais modernos disponibilizam esses dados na nuvem, podendo ser acessados ao mesmo tempo por toda a equipe do setor. Então, é muito mais fácil gerar relatórios de desempenho dos seus colaboradores.

Com isso, você consegue utilizá-los de forma estratégica. É possível analisar quanto um colaborador custa e quando ele rende, quem é mais produtivo e até mesmo avaliar se as pessoas estão alocadas nas funções corretas.

Aumento da produtividade

Softwares que automatizam o trabalho não significam que as máquinas roubarão o trabalho das pessoas. Pelo contrário, elas transformarão o mesmo. Transformar o RH é preciso. Nesse contexto, haverá uma passagem do operacional para o analítico, e os profissionais poderão não só produzir mais, mas também com melhor qualidade.

As atividades que podem ser desenvolvidas nesse tempo trazem muito mais benefício para a empresa, já que são mais estratégicas. Os colaboradores também vão ficar mais satisfeitos, já que irão sentir o seu potencial bem aproveitado.

4 dicas para ter um departamento pessoal estratégico

Agora que você já entendeu a importância da automação, chegou o momento de saber de que forma implementá-la na sua empresa, conquistando finalmente um RH estratégico. Confira 4 dicas para chegar lá!

Mapear e padronizar processos

O primeiro passo é mapear os processos, para depois padronizá-los. Você precisa listar tudo que é feito e criar protocolos para a realização dessas tarefas. Comece por aquilo que é mais importante!

Assim, você não fica dependente de algumas pessoas. Se alguém ficar doente ou sair da empresa, o processo não fica prejudicado, já que está todo documentado e padronizado. Portanto, é só executar!

Investir em tecnologia

Com mais tecnologia, é possível que o setor de recursos humanos da sua empresa seja muito mais estratégico. Com o tempo economizado, seus colaboradores podem ser mais produtivos e realizar tarefas mais complexas.

Além disso, com as ferramentas certas, os relatórios são mais completos e fornecem informações que podem ser utilizadas estrategicamente. A partir dos dados coletados, é possível criar programas para motivar os seus colaboradores, modificar a cultura da empresa e até mesmo fazer avaliações mais completas de desempenho.

Portanto, não tenha medo da tecnologia. Compreenda-a como uma aliada na transformação do seu DP.

Definir um cronograma de implementação

Se existem tarefas que precisam ser realizadas para ter um DP estratégico, é fundamental que todo o processo esteja alinhado ao planejamento e aos objetivos da organização. Depois disso, fica fácil definir um cronograma de implementação e começar a colocar tudo em prática.

Para isso, comece pelas tarefas mais básicas, como o mapeamento de processos, e busque envolver todos os colaboradores que atuam nesse setor, estejam eles ocupando posições de liderança ou não. É fundamental que todos se sintam parte do processo.

Treinar a sua equipe

Os softwares de automação existem para facilitar o trabalho dos colaboradores. Para que se possa extrair o máximo deles, é necessário ter colaboradores eficientes: que saibam operá-los, que conheçam todas as funções e que tenham muito boa vontade. Então, é preciso oferecer treinamentos práticos e que ensinem a lidar com os programas, mas também os mais comportamentos
.
É necessário destacar que a tecnologia faz parte da cultura da empresa, mas que as pessoas são mais importantes. Os seus colaboradores não podem ter medo de perder o emprego para as máquinas: eles precisam compreender ser a tecnologia apenas uma aliada que visa facilitar o trabalho. Afinal, eles estarão operando os softwares. Uma equipe mal treinada pode colocar tudo a perder!

Ferramental essencial para um DP estratégico

Ainda tem dúvidas sobre como implementar essas mudanças na prática? Então você precisa saber qual ferramenta é necessária para iniciar esse processo. Além das pessoas bem treinadas, esse detalhe fará toda a diferença nos seus resultados. Confira!

Software de DP e RH

Um bom software de departamento pessoal e recursos humanos vai fazer quase todo o trabalho por você. Com ele você consegue fazer a gestão dos processos do setor de forma mais simples, reduzindo passivos trabalhistas, economizando tempo da sua equipe administrativa e engajando os seus colaboradores.

O Convenia é uma excelente solução, que se destaca frente à concorrência por ser um sistema simples, moderno e integrado. É muito melhor ter todas as soluções em um só lugar do que ter que contratar vários programas para executar tarefas específicas.

Agora que você já sabe a importância de automatizar a sua operação para ter um DP estratégico, basta se organizar, incorporar essas transformações na cultura e no planejamento da empresa e começar a colocar em prática as dicas que ensinamos para você neste artigo. Os resultados não vão demorar para aparecer, acredite!

Gostou de saber mais sobre tecnologia em recursos humanos e DP estratégico? Curta nossa página no Facebook e acompanhe todas as novidades sobre o assunto em primeira mão!